O que fazer quando seu cão tem febre alta e calafrios?

O que fazer quando seu cão tem febre alta e calafrios?

Se o seu cão apresenta febre alta e calafrios, é importante agir rapidamente para garantir seu bem-estar. Neste artigo, vamos abordar as possíveis causas da febre em cães, os sintomas associados e as medidas que você pode tomar para ajudar seu melhor amigo a se recuperar.

Principais causas da febre em cães

A febre em cães pode ter diferentes causas, e identificar a origem do problema é essencial para um tratamento adequado. As principais causas de febre alta e calafrios em cães incluem:

  • Infecções: Infecções bacterianas, virais ou fúngicas podem levar à febre em cães. É importante observar se o seu cão apresenta outros sintomas, como falta de apetite, letargia ou dor ao urinar, que podem indicar uma infecção.
  • Doenças autoimunes: Algumas doenças autoimunes, como lúpus ou artrite reumatoide, podem desencadear febre em cães. Caso seu cão tenha um histórico de doenças autoimunes, é importante informar o veterinário para um diagnóstico mais preciso.
  • Reação a medicamentos: Alguns cães podem apresentar febre devido a reações adversas a medicamentos. Se você introduziu recentemente algum medicamento na rotina do seu pet e notou o surgimento de febre, é importante relatar isso ao veterinário.
  • Exposição a altas temperaturas: Um dos principais sinais de hipertermia é a febre alta em cães. Exposição prolongada ao sol ou ambiente extremamente quente pode causar aumento de temperatura no corpo do cão.

Sintomas associados à febre em cães

Além da febre alta e calafrios, existem outros sintomas que podem acompanhar esse quadro. É importante ficar atento a sinais como:

  • Letargia: Se o seu cão parece estar menos ativo do que o habitual e apresenta falta de energia, pode ser um sinal de febre.
  • Perda de apetite: Cães com febre costumam perder o apetite. Se o seu cão recusar alimentos e água, isso pode indicar a presença de febre.
  • Tremores: Além dos calafrios, os cães com febre podem apresentar tremores musculares.
  • Respiração acelerada: A febre pode causar aumento da frequência respiratória nos cães.
  • Vômitos e diarreia: Em alguns casos, cães com febre alta podem apresentar problemas gastrointestinais, como vômitos e diarreia.

Medidas a serem tomadas

Ao detectar febre alta e calafrios em seu cão, é importante seguir as seguintes medidas:

  1. Contate seu veterinário: A primeira ação a ser tomada é entrar em contato com um veterinário de confiança. Ele poderá fornecer orientações personalizadas com base na condição do seu cão.
  2. Restringir atividades: É aconselhável reduzir a atividade física do seu cão durante a febre para evitar que a temperatura do corpo aumente ainda mais.
  3. Proporcionar um ambiente fresco: Certifique-se de que o ambiente em que seu cão se encontra seja fresco e bem ventilado. Coloque água fresca ao alcance para evitar que ele fique desidratado.
  4. Administrar medicamentos de acordo com a prescrição: Caso o veterinário indique o uso de medicamentos para baixar a febre do seu cão, siga rigorosamente as instruções de dosagem.
  5. Monitorar a temperatura corporal: Utilize um termômetro retal específico para cães e monitore a temperatura corpórea do seu pet regularmente. Isso irá auxiliar no acompanhamento da eficácia do tratamento.

Conclusão

A febre alta e calafrios em cães podem indicar a presença de problemas de saúde que exigem atenção imediata. Ao identificar esses sintomas, entre em contato com um veterinário para obter um diagnóstico preciso e iniciar o tratamento adequado. Seguindo as medidas mencionadas neste artigo, você estará ajudando seu cão a se recuperar mais rapidamente e voltar ao seu estado saudável habitual.

Deixe um comentário