O que fazer quando seu cão tem convulsões frequentes e perda de consciência?

O que fazer quando seu cão tem convulsões frequentes e perda de consciência?

Se você tem um cão que sofre de convulsões frequentes e perda de consciência, é natural que você esteja preocupado e queira agir da melhor maneira possível para ajudar seu pet. Neste artigo, vamos abordar todas as informações importantes sobre convulsões em cães e fornecer orientações sobre o que fazer quando seu cão está passando por uma crise.

O que são convulsões em cães?

As convulsões em cães são episódios em que ocorrem contrações musculares involuntárias e incontroláveis. Durante esses momentos, o cão pode perder a consciência, fazer movimentos bruscos, babar, urinar ou defecar involuntariamente.

O que pode causar convulsões em cães?

As convulsões em cães podem ter diversas causas, incluindo:

  • Epilepsia: É a causa mais comum de convulsões em cães. A epilepsia é um distúrbio crônico que provoca convulsões recorrentes.
  • Intoxicação: Determinadas substâncias tóxicas, como produtos químicos domésticos ou plantas venenosas, podem desencadear convulsões.
  • Traumatismo craniano: Um golpe na cabeça pode resultar em convulsões em cães.
  • Desequilíbrios metabólicos: Problemas no fígado, rins ou outros órgãos podem levar a convulsões.
  • Tumores cerebrais: A presença de um tumor no cérebro pode causar convulsões.
  • Infecções: Algumas infecções, como a raiva, podem desencadear convulsões em cães.

O que fazer durante uma crise de convulsão?

Quando seu cão está tendo uma convulsão, é importante manter a calma e agir corretamente para garantir a segurança do pet e prevenir lesões. Aqui estão alguns passos que você pode seguir:

  1. Mantenha a área ao redor do cão livre de objetos que possam representar risco de lesão.
  2. Evite segurar o cão ou colocar as mãos perto de sua boca durante a convulsão, pois ele pode morder involuntariamente.
  3. Registre a duração da crise para fornecer informações ao veterinário.
  4. Tente acalmar seu cão com palavras suaves, mas evite o contato físico direto.
  5. Após a crise, mantenha seu cão em um ambiente tranquilo e confortável para se recuperar.

Quando procurar assistência veterinária?

Em casos de convulsões frequentes e perda de consciência, é essencial buscar atendimento veterinário o mais rápido possível. O veterinário realizará exames e investigações para determinar a causa das convulsões e propor um tratamento adequado.

Conclusão

Convulsões em cães podem ser assustadoras, mas com um conhecimento adequado e ações corretas, é possível ajudar seu pet durante uma crise e garantir a saúde e segurança dele. Se o seu cão está tendo convulsões frequentes e perda de consciência, não hesite em entrar em contato com um veterinário, pois apenas um profissional qualificado pode fornecer o diagnóstico e tratamento necessários.

Deixe um comentário